UTAD estuda formas de reduzir o risco de vida dos bombeiros no combate a incêndios

UTAD estuda formas de reduzir o risco de vida dos bombeiros no combate a incêndios

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) está a desenvolver o projeto “Pela Vida de quem dá a Vida”, com o qual pretende contribuir para a minimização do risco de vida a que os bombeiros são submetidos em situação de combate a incêndios em ambiente florestal, incidindo os trabalhos na identificação pormenorizada de aspetos biológicos e comportamentais associados às suas atividades em situação de combate.

Os estudos, que decorrem no Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD) da UTAD, numa parceria com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Tarouca, procuram avaliar e monitorar os níveis de atividade física requeridos em situação de instrução e em situação de combate real às chamas, assim como os níveis de hidratação dos bombeiros em situação de pré-combate, combate e pós-combate às chamas. Nesta sequência, propõem-se os investigadores desenvolver estratégias que permitam otimizar os movimentos coletivos de todos os elementos participantes numa unidade de combate às chamas, tendo em vista a adoção de comportamentos indutores de maior eficácia e segurança individual.

Leia mais